Parceria de 1 milhão de euros para apoiar produtores de banana orgânica com certificação Fairtrade em pequena escala

11/06/2021

A Fairtrade lançou um projeto de € 1 milhão, incluindo € 500.000 da Agência Francesa de Desenvolvimento e € 300.000 do Carrefour, para apoiar as práticas ecologicamente corretas da Fairtrade e a promoção de mulheres no setor de banana orgânica. Dez mil pessoas das comunidades bananeiras do Peru e da República Dominicana serão beneficiadas. O projeto é um esforço conjunto entre a organização nacional Fairtrade Max Havelaar França e a rede regional de produtores Fairtrade na América Latina (CLAC).

continue lendo Parceria de 1 milhão de euros para apoiar produtores de banana orgânica com certificação Fairtrade em pequena escala

UM SETOR EM RISCO: MUDANÇAS CLIMÁTICAS, ESGOTAMENTO DO SOLO, PRODUTOS QUÍMICOS
Os produtores de banana na América Latina enfrentam muitos desafios. A água está se tornando mais escassa e os eventos climáticos extremos estão aumentando. A monocultura e o uso pesado de fertilizantes químicos e pesticidas no passado levaram à redução da fertilidade do solo e da biodiversidade, tornando as bananeiras muito mais vulneráveis a pragas, como o atual surto da altamente contagiosa TR4 da banana no Peru.

O setor da banana deve tomar medidas para se adaptar às mudanças climáticas, melhorar a gestão dos recursos naturais e a fertilidade do solo e diversificar sua agricultura. Mas diante de preços de mercado excessivamente baixos, além dos desafios adicionais da pandemia do COVID-19, muitas cooperativas de banana não têm meios para investir nessas medidas e nem conhecimento para se posicionar no mercado.

AUMENTAR A RESILIÊNCIA DOS AGRICULTORES, PROMOVER PAPÉIS DE LIDERANÇA PARA MULHERES E MUDANÇA DE GERAÇÃO
O projeto único, financiado pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e apoiado por € 300.000 do Carrefour, apoiará 11 cooperativas de produtores de banana de Comercio Justo Fairtrade na República Dominicana e Peru (chegando a 10.000 beneficiários: 1.059 produtores, além de suas famílias e comunidades ) por três anos.

“Este projeto melhorará a produção de banana, tornando-a mais sustentável, e também melhorará a competitividade das organizações participantes para gerar melhor renda para mais de mil produtores na República Dominicana e no Peru. O projeto surge em um momento de profunda crise e gera novas esperanças para a agricultura familiar e a mitigação de doenças tão ameaçadoras quanto o Fusarium TR4”disse Marike de Peña, presidente da rede banana CLAC.

Os principais objetivos são melhorar a renda de forma sustentável, promover a liderança entre mulheres e jovens e aumentar a resiliência dos produtores às mudanças climáticas. As ações concretas incluem a construção de microfábricas de fertilizantes orgânicos e a criação de escolas de campo de diversificação. Ao mesmo tempo, mulheres e jovens serão treinados por meio de módulos de ensino inovadores da Escola de Liderança Feminina Fairtrade. Os tópicos do módulo incluirão direitos humanos, gênero e masculinidade, autoestima, liderança, negociação e participação política.

"Dentro de nossa organização temos aproximadamente 70 mulheres e 30 ou 40 jovens produtores", explica Miguel Borrero, gerente da cooperativa APBOSMAM no Peru que participará do projeto. “A ideia é formar este grupo de mulheres e dar-lhes as ferramentas necessárias para que no futuro também possam assumir cargos de liderança e fazer parte da mudança geracional que é necessária nas nossas organizações… Estamos muito felizes porque este projeto vai permitir para melhorar um pouco a renda de nossos produtores por meio das melhores práticas no campo, o que acabará levando a aumentos de produtividade.”

O projeto também estabelecerá intercâmbios entre produtores e cooperativas de ambos os países, para que possam aprender uns com os outros e trocar melhores práticas.

"Estou muito satisfeito que o Grupo AFD esteja contribuindo, juntamente com Fairtrade e Carrefour, para a implementação muito concreta dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e do Acordo de Paris, garantindo que as cadeias de fornecimento de Comercio Justo e banana orgânica atendam aos critérios de igualdade de gênero e adaptação a mudança climática Esta parceria sem precedentes, que demonstra o compromisso dos atores franceses com o desenvolvimento sustentável em suas dimensões ambientais e sociais, acelerará nossa busca comum por impacto”, disse Rémy Rioux, diretor-geral da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

"Através do nosso compromisso com bananas orgânicas e certificadas Fairtrade, o Carrefour também está comprometido em apoiar os produtores no terreno... Hoje, uma em cada três bananas que compram de nós é certificada Fairtrade. Queremos dar um novo passo apoiando um projeto que atua além da cadeia de suprimentos para oferecer um futuro sustentável aos produtores que enfrentam grandes desafios, em especial os efeitos das mudanças climáticas”, comentou François Vincent, Diretor de Food Merchandise do Carrefour France.

recomendado

Contato
Siga-nos
linkedin Facebook pinterest YouTube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-blank pinterest YouTube Twitter Instagram