Declaração sobre as inundações no Paquistão

05/09/2022

O Fairtrade está profundamente entristecido pelas devastadoras inundações que afetam o Paquistão e pela destruição e perda de vidas que causou em todo o país nos últimos dias.

“Quero expressar minhas sinceras condolências a todos os afetados por esta terrível calamidade e às famílias daqueles que perderam suas vidas”, disse Sandra Uwera, CEO da Fairtrade Global.

Os impactos das alterações climáticas estão a ser sentidos em todo o lado. Mas acontecimentos climáticos catastróficos, como as inundações no Paquistão, são mais sentidos nas regiões do mundo menos responsáveis pela crise climática.

“As inundações no Paquistão são mais um alerta dramático de que os impactos das mudanças climáticas estão reverberando por toda parte com consequências desastrosas, ceifando vidas e destruindo meios de subsistência”, continuou a Sra. Uwera.

“A Fairtrade pede aos governos do mundo que tomem medidas climáticas imediatas, apoiem financeiramente as comunidades mais vulneráveis às mudanças climáticas e ajudem a impulsionar a transição para um futuro mais sustentável para todos”.

De acordo com a Fairtrade NAPP, a rede de produtores da Fairtrade para a Ásia-Pacífico, as inundações afectaram quatro das cinco províncias do Paquistão. A maioria dos produtores de Fairtrade está localizada nas províncias central e sul de Punjab e escapou em grande parte dos danos, com exceção da Mountain Fruits Pvt Limited na província de Gilgit Baltistan.

O Fairtrade NAPP está avaliando a extensão dos danos e o suporte exigido pelos produtores de Fairtrade no país. Os produtores do Fairtrade também estão trabalhando em suas capacidades individuais para ajudar as comunidades afetadas por meio de doações e outras formas de apoio.

Postado originalmente em 5 de setembro no site de Fairtrade Internacional

Compartilhar

recomendado

Contato
Siga-nos
linkedin Facebook pinterest YouTube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-blank pinterest YouTube Twitter Instagram