O Fairtrade Relief Fund ajuda as organizações a continuar sua produção

12/04/2021

A Associação de Produtores da Amazônia – Alto Mayo (APROMAYO), no Peru, como muitas organizações, enfrentou grandes desafios para continuar sua produção e exportação de café devido à pandemia do COVID-19. O CLAC Relief Fund permitiu a implementação de um protocolo de biossegurança, graças ao qual os membros da organização se sentem mais seguros ao comercializar sua produção no centro de coleta. Os trabalhadores também evitam infecções nos escritórios.

continue lendo O Fairtrade Relief Fund ajuda as organizações a continuar sua produção

A organização utilizou o $2.149.70 para imprimir cartazes sobre o protocolo de biossegurança e também comprou suprimentos para limpeza, desinfecção, lavagem das mãos e termômetros.

Ao entrar no armazém, o produtor deve manter uma distância de 2 metros enquanto é feita a análise da amostra de café e desinfetar e lavar as mãos com frequência. Como parte do protocolo, os trabalhadores devem usar máscara e óculos ou protetor facial, luvas e desinfetar dinheiro em uma bandeja. Cada área possui um frasco de álcool para limpeza e para aplicar quando necessário. Este protocolo beneficiou 400 membros da associação, incluindo 138 mulheres.

Além disso, a organização recebeu $2.134,37 para realizar testes rápidos para pessoas com suspeita de infecção por COVID-19, o que ajudou a descartar e confirmar casos. As pessoas infectadas foram isoladas e receberam medicamentos prescritos e supervisão médica graças ao apoio do líder do grupo COVID na área.

Medicamentos e testes rápidos eram escassos e com preços elevados, mas graças ao Fundo de Socorro, a organização conseguiu adquiri-los e responder de forma imediata e adequada aos casos confirmados de trabalhadores e associados. Por meio de exames e medicamentos, a organização beneficiou 21 pessoas.

O Relief Fund tem sido extremamente relevante para as organizações manterem sua produção apesar de todos os desafios que enfrentaram devido à pandemia. Em caso de Associação dos Produtores de Cana de Açúcar Corozal, em Belize, recebeu USD $3.630,90 para cobrir o aumento dos custos de produção.

Com esses recursos, 30 produtores receberam insumos como fertilizantes e materiais para melhoria do solo, conseguindo melhorar as condições de suas lavouras de cana-de-açúcar, que estão apresentando um nível de recuperação do crescimento, após terem sofrido os efeitos de uma seca extrema.

Da mesma forma, o Cooperativa Agrícola y Vitivinícola Caupolican Ltda., no Chile recebeu $5.000 para cobrir o aumento dos custos de produção de insumos agrícolas, para que os produtores pudessem atender aos padrões do Comercio Justo, mantendo uma agricultura ambientalmente mais sustentável.

A obtenção de insumos agrícolas em pequenas quantidades tornou-se muito difícil, por isso os produtores se uniram e fizeram a compra coletivamente, com a qual foi possível negociar e melhorar os preços, já que devido a pandemia e a escassez eles ficaram mais caros.

O CLAC e o Fairtrade Relief Fund continuam abertos para organizações certificadas em Comercio Justo que foram afetadas pela pandemia do COVID-19. Este fundo possui 5 linhas de financiamento: para despesas médicas, hospitalares ou funerárias; para a implementação de protocolos de biossegurança; para aumento dos custos de produção, subsídio para pagamento da certificação Fairtrade e subsídio para compra de alimentos básicos.

recomendado

Contato
Siga-nos
linkedin Facebook pinterest YouTube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-blank pinterest YouTube Twitter Instagram