A campanha "Contra o trabalho infantil, eu escolho o Comercio Justo" convida os cidadãos a mostrarem o seu compromisso com este problema

09/06/2021

Madrid, 7 de junho de 2021 COORDENADOR ESTADO DE COMÉRCIO JUSTO

No sábado, 12 de junho, é comemorado o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil.
As Nações Unidas nomearam 2021 o Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil

Por ocasião do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil (12 de junho), do Fairtrade Ibérica, como organização membro da Coordenadoria Estadual do Comercio Justo e em conjunto com as restantes entidades do Comercio Justo, lançámos a campanha "Contra o trabalho infantil, escolha Comercio Justo", em que o público consumidor, crianças, famílias, centros educativos e cidadãos em geral podem demonstrar o seu compromisso com esta realidade através de fotografias ou desenhos nas redes sociais. A iniciativa pretende lembrar-nos que por detrás de muitos dos produtos que consumimos diariamente existe a exploração laboral de menores.

continue lendo A campanha "Contra o trabalho infantil, eu escolho o Comercio Justo" convida os cidadãos a mostrarem o seu compromisso com este problema

Os dados do Organização Internacional do Trabalho Revelam a magnitude desta realidade, que também se agudiza com o aumento da pobreza, o encerramento de escolas e outras consequências derivadas da pandemia. Atualmente, 152 milhões de meninos e meninas trabalham, quase metade tem entre 5 e 11 anos. Por setores, o 70% é usado na agricultura. Por região geográfica, a prevalência mais alta é na África, onde 1 em cada 5 menores trabalha.

No entanto, os números podem ser maiores, uma vez que grande parte dos produtos são feitos com matérias-primas de países de todo o mundo e são processados, montados, embalados e adquiridos em todos os mercados. Escondidas nessas cadeias produtivas estão várias formas de exploração do trabalho infantil, muitas vezes invisíveis e difíceis de mensurar. Isso foi confirmado pelo relatório “Erradicar o trabalho infantil, o trabalho forçado e o tráfico de seres humanos nas cadeias de suprimentos globais” (OIT, OCDE, OIM, UNICEF).

O Comercio Justo proíbe a exploração do trabalho infantil. Este é um dos princípios essenciais que devem ser cumpridos pelas mais de 3.000 organizações de produtores (alimentares, têxteis, cosméticos, acessórios, brinquedos...) que integram esta rede internacional de Economia Solidária. Além disso, eles devem aderir à Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança e às leis nacionais ou locais sobre este assunto. Por outro lado, grande parte deles investe o prêmio social em iniciativas relacionadas à educação de meninos e meninas (bolsas, creches, auxílio para material escolar ou transporte, etc.).

A campanha “Contra o trabalho infantil, escolho Comercio Justo” convida os cidadãos a tirar fotos com esta mensagem ou com um produto Comercio Justo e publicá-la nas redes com o rótulo #ElijoComercioJusto. Eles também podem fazer isso colorindo a versão em preto e branco do pôster ou fazendo um desenho gratuito sobre o assunto.

As imagens da campanha podem ser baixadas na web www.fairtrade.org.

recomendado

Contato
Siga-nos
linkedin Facebook pinterest YouTube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-blank pinterest YouTube Twitter Instagram