Dia Internacional da Mulher

12/03/2021

O dia 8 de março marca o Dia Internacional da Mulher, oficialmente designado pela ONU em 1977. Este ano, sob o lema "Liderando Mulheres: por um futuro igualitário no mundo da Covid-19", busca reconhecer e tornar visível a importância do papel das mulheres nesta crise global, que estão na linha de frente como profissionais de saúde, cuidadoras, inovadoras, organizadoras e produtoras comunitárias.

 

continue lendo Dia Internacional da Mulher

A CLAC reconhece o papel fundamental das mulheres produtoras e trabalhadoras, adultas, jovens e meninas. A nível da região da América Latina e do Caribe, as mulheres têm desempenhado um papel determinante na sustentabilidade das famílias nas áreas rurais e urbanas, contribuindo com seus diferentes papéis como produtoras, trabalhadoras, mães, cuidadoras, professoras, entre outras.

Dos 206 países e territórios analisados, apenas 25 adotaram disposições contra a violência de gênero, para apoiar os cuidados não remunerados e fortalecer a segurança econômica das mulheres, indicam duas agências da ONU. Apesar de terem aumentado os desafios para a participação e protagonismo das mulheres, como as dificuldades de acesso às tecnologias, violência doméstica, tarefas de cuidado não remuneradas, desemprego e pobreza, sua contribuição no âmbito familiar e organizacional tem sido indispensável para enfrentar a pandemia, liderando os esforços para enfrentar a doença Covid-19.

Segundo a CEPAL, em 2020 houve uma forte saída de mulheres da força de trabalho, que, por terem que atender as demandas de atendimento em suas casas, não retomaram a busca de emprego. 56,91 TP2T de mulheres na América Latina e 54,31 TP2T no Caribe estão empregadas em setores nos quais se espera um efeito negativo maior em termos de emprego e renda devido à pandemia. Ficou evidente a importância do trabalho de cuidado para a sustentabilidade da vida, bem como a necessidade de torná-lo visível e construir alternativas para uma melhor redistribuição desse trabalho vital, que por ora recai majoritariamente sobre as mulheres.

A CLAC está fortemente empenhada em promover a inclusão das mulheres, tornando o seu trabalho visível e promovendo o seu empoderamento. Portanto, como parte das atividades abrangentes de nossa estratégia, durante a pandemia o CLAC realizou diferentes campanhas para incentivar o uso de ferramentas digitais por mulheres em áreas rurais e prevenir casos de violência doméstica por meio da promoção dos valores da Comercio Justo.

Incentivamos as organizações de produtores e trabalhadores a manter a perspectiva de inclusão de gênero na implementação de alternativas que contribuam nas esferas econômica e social para o pleno exercício dos direitos humanos das mulheres.

recomendado

Contato
Siga-nos
linkedin Facebook pinterest YouTube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-blank pinterest YouTube Twitter Instagram